Ponto Final

Cobrando cargos

O deputado Victorio Galli, presidente do PSC em Mato Grosso, quer mais cargos na prefeitura de Cuiabá. Os secretários municipais Leovaldo Salles (Ordem Pública) e Mabel Strobel (Educação) são do partido. Porém, Galli avalia que são insuficientes os dois cargos de primeiro escalão, diante da contribuição do PSC ao projeto de eleger Emanuel Pinheiro prefeito de Cuiabá. “O PSC não é formado apenas pela Mabel e o Coronel Salles. O partido tem mais nomes em seus quadros que podem contribuir para a gestão municipal, inclusive, que ajudaram Emanuel a ser eleito”, disse. "O PSC contribuiu com aproximadamente 24 mil votos. É natural e legítimo o partido cobrar mais espaço na administração municipal para ajudar a governar", cobrou.