Política

Sinop: prefeitura investe R$ 1,7 milhão na compra de parques infantis para escolas e praça

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura investiu R$ 1,7 milhão na aquisição de 45 unidades de parques infantis. Desses, 41 vão atender as necessidades das escolas municipais de nível Fundamental e Infantil, enquanto outros 4 estão sendo instalados nas praças esportivas do município. Os aparelhos foram adquiridos com recursos próprios do município, por meio dos orçamentos do Esporte e da Educação.

As estruturas de 17 metros de extensão contam com rampas, escadas, túneis, obstáculos em geral, inserindo os pequenos em diferentes contextos. Dos quatro parques infantis que serão instalados em praças da cidade, três já foram concluídos e estão liberados. Um situa-se na área externa no estádio municipal, outro na avenida da Saudade, próximo à academia ao ar livre, o terceiro está na avenida dos Jatobás, esquina com Itaúbas. A quarta estrutura ficará na Praça das Bandeiras, ao lado das quadras de areia.

Para esta semana, estão programadas as montagens e instalações dos parques nas escolas Taciana Balth Jordão, no Jardim Paraíso, Aleixo Schenatto, no Jardim Jacarandás, na Tarsila do Amaral, no Jardim Celeste, na Vinicius de Morais, no residencial Adriano Leitão, na creche Toda Gente, no Jardim Ipiranga, na escola Maria Amaro, no bairro São Cristovão, creche São Cristóvão, ao lado da escola Maria Amaro, na escola Tatiana Belinki, no setor Industrial e na escola Walter Kunze, no Jardim Botânico.

Conforme a secretária de Educação, Veridiana Paganotti, o objetivo do investimento é proporcionar para crianças espaços de aprendizagem física, psicológica e de convivência, já que fomentam habilidades motoras, autonomia, desenvolvimento e socialização. “Estes foram espaços pensados no trabalhar a criança em sua totalidade. É um investimento anunciado pela prefeita Rosana Martinelli ainda durante sua visita às escolas municipais nas comemorações do aniversário da cidade. Agora, já estão na cidade e podem ser utilizadas pela comunidade”, destacou, por meio da assessoria.