Esportes

Luxemburgo aceita salário menor e é confirmado no Santos

Demora nas negociações e redução de exigências financeiras impediram o acordo de Muricy Ramalho com o Santos nos últimos dias, mas não foram problema na negociação com Wanderley Luxemburgo. Confirmado como novo técnico do Peixe nesta quarta-feira, o comandante aceitou diminuir seu salário para voltar à Vila Belmiro.

De acordo com fontes ligadas à diretoria santista, o técnico aceitou receber um salário menor do que lhe era pago em sua última passagem. Entre 2006 e 2007, Luxemburgo recebia cerca de R$ 500 mil mensais. Agora, o treinador irá ganhar R$ 450 mil por mês (a mesma proposta feita a Muricy Ramalho).

Muricy Ramalho já havia descartado proposta do Palmeiras por conta de questões financeiras. Luxemburgo, que tem bom relacionamento com o presidente Marcelo Teixeira, mostrou mais flexibilidade em suas exigências.

A comissão técnica de Wanderley Luxemburgo ainda não foi definida, mas, a princípio, chegam junto com o comandante o seu auxiliar-técnico, Nei Pandolfo, e o preparador físico, Antônio Mello.

O acerto com o Santos foi confirmado pelo treinador, através de seu blog pessoal. "Quero comunicar que assinei contrato com o Santos Futebol Clube. Irei me apresentar apenas na segunda-feira porque já havia programado compromissos pessoais inadiáveis", disse.

[testa_categ]