Ponto Final

Bloqueio mantido

O juiz Luís Aparecido Bortolussi Júnior negou pedido do ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) e do ex-deputado estadual José Riva e manteve bloqueado o patrimônio de ambos por suspeita de improbidade administrativa na ordem de até R$ 4 milhões. Em ação civil pública de autoria do Ministério Público Estadual, Maggi e Riva são acusados de participação na compra de uma vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que visava a substituição de Alencar Soares por Sérgio Ricardo (afastado do cargo por força de liminar). O caso ocorreu, segundo o MP, na época que Blairo era governador.