Esportes

Maggi diz que aceita presidir Agência Executora da copa

O governador Blairo Maggi vai mesmo ser o presidente da Agência Executora da Copa do Mundo em Cuiabá em 2014. O anuncio ainda não foi feito, mas como o portal de notícias 24 Horas News já havia anunciado em junho, o governador praticamente confirmou neste sábado, em Manaus, durante escala do retorno das férias nos Estados Unidos que aceita comandar todos os trabalhos para que Cuiabá seja um das mais importantes sedes da competição mundial.

Em seu retorno das férias, onde viajou com sua esposa Terezinha Maggi e o empresário Mauro Mendes, presidente da Fiemt, Blairo Maggi foi recebido por uma comitiva de empresários, políticos e jornalistas em Manaus, no Amazonas. A cerimônia fez parte do lançamento de vôos regulares da Empresa Aérea Trip entre Cuiabá em Manaus.

Na comitiva estavam os prefeitos de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB) e de Várzea Grande, Murilo Domingos (PR). Liderados por Wilson Santos, a comitiva aproveitou em rápido encontro para pedir ao governador que aceite ser o presidente da Agência Executora da Copa. “Maggi foi o  grande incentivador e maior batalhador para que Cuiabá pudesse vencer a primeira empreitada que foi ser escolhida como uma das sedes da Copa. Ninguém mis do que ele merece estar a frente deste trabalho. Ele tem dito inúmeras vezes que não pretende concorrer a nenhum cargo político em 2010. Portanto, é quem mais merece comandar a Agência Executora”, disse Wilson Santos.

Satisfeito com a recepção, Blairo Maggi deu a entender que aceita sim ser o presidente da Agência. “Ainda não resolvi. Vou aguardar o projeto que está sendo elaborado neste sentido pelo secretário-chefe da Casa Civil, Eumar Novack, que será conhecido na terça-feira. Só depois é que vou definir nomes e a composição da agência. Mas é uma coisa a se pensar e posso aceitar o cargo, pois nosso objetivo é ser uma das melhores sedes da Copa do Mundo”, disse o governador, numa clara afirmação de que está propenso a comandar pessoalmente todos os trabalhos visando a atender as exigências da FIFA, organizadora da competição.

E pensando na Copa de 2014 e no sucesso que o evento pode vir a representar para Cuiabá, com a abertura de novos empregos e o espólio que ficará para a população, Blairo Maggi esclareceu que em setembro estará realizando uma nova viagem, desta feita para a África do Sul, que no próximo ano estará realizando a Copa de 2010. “Vou com empresário e alguns jornalistas para acompanhar tudo o que está sendo feito na África em relação a Copa. Quero ver o que está dando certo, o que tem de errado. É necessário ter este parâmetro para não errarmos. A FIFA é exigente, principalmente com prazos. Assim, vamos trabalhar para atender todos os cronogramas e realizar o trabalho de forma séria e objetiva”, esclareceu.

Ainda segundo o governador, a Agência Executora será formada por um presidente, mais cinco dirigentes e 50 cargos comissionados. “Será um equipe enxuta, com todos compromissados a não disputar nenhum cargo político até 2014 e determinados a cumprir todos os cronogramas”, concluiu antes de embarca de volta para Cuiabá

[testa_categ]